Maria Hermínia Cabral
Fundação Calouste Gulbenkian

Licenciada em Economia, pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto, em 1985, e mestre em Cooperação e Desenvolvimento Internacional, pelo Instituto Superior de Economia e Gestão, da Universidade Técnica de Lisboa, em 1997.

Iniciou a sua vida profissional, em 1985, na Comissão de Coordenação da Região Norte (CCRN), na Divisão de Estudos e Planeamento (sector Pescas), tendo integrado a equipa do Projeto de Gestão Integrada dos Recursos Hídricos do Norte.

Foi docente da Universidade do Minho (Análise de Custos Industriais) e da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (Contabilidade de Custos) entre 1985 e 1988.

Entre 1988 e 1991, foi adjunta dos Secretários de Estado Adjunto do Ministro da Agricultura e da Agricultura. Em 1991, foi nomeada adida para a cooperação junto da Embaixada de Portugal em Angola. Entre 1993 e 1995, foi adjunta dos Secretários de Estado do Ambiente e do Planeamento e Desenvolvimento Regional. Foi assessora para os Assuntos Europeus na Assembleia da República, entre 1997 e 2002.

Entre 2002 e 2003, foi Chefe do Gabinete do Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação e, entre 2003 e 2004, Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

Entre 2004 e 2005 exerceu as funções de Secretária de Estado Adjunta e do Desenvolvimento Regional do XV Governo Constitucional e de gestora do Programa Operacional Saúde (Saúde XXI).

Prémio do Instituto da Cooperação Portuguesa para o “Melhor Aluno do Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional”, em 1997. Integrou o Júri dos Prémios “Novo Norte” do Programa Operacional Norte, nas edições de 2010 e 2011.

É Diretora do Programa Gulbenkian Parcerias para o Desenvolvimento desde 2012, depois de ter desempenhado os cargos de diretora adjunta do Serviço de Saúde e Desenvolvimento Humano e coordenadora do Programa Gulbenkian Ambiente e do Programa de Formação Médica Avançada.

logo.png